WEB TV CATÓLICA REDE SÉCULO 21

ORAÇÃO DA SANTA COMUNHÃO

Creio, Senhor e confesso, que em verdade Tu És Cristo, Filho de Deus vivo e que vieste ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o primeiro. Creio ainda que este é o Teu Puríssimo Corpo e que este é o Teu próprio precioso Sangue. Suplico-Te, pois, tem misericórdia de mim e perdoa-me as minhas faltas voluntárias e involuntárias, que cometi por palavras ou ações, com conhecimento ou por ignorância, e concede-me sem condenação receber Teus puríssimos Mistérios para remissão dos pecados e para a vida eterna. Da Tua Ceia Mística, aceita-me hoje como participante, ó Filho de Deus; pois não revelarei o Teu Mistério aos Teus inimigos, nem Te darei o beijo como Judas, mas como o ladrão me confesso: lembra-Te de mim, Senhor, no Teu Reino, Que não seja para meu juízo ou condenação, a recepção de Teus Santos Mistérios, Senhor, mas para a cura do corpo e da alma. Amém!

23/05/2018

Condenam Arcebispo por encobrimento de abusos sexuais


Dom Philip Edward Wilson. Foto: Arquidiocese de Adelaide
MELBOURNE, 23 Mai. 18 / 04:00 pm (ACI).- O Arcebispo de Adelaide (Austrália), Dom Philip Edward Wilson, foi considerado culpado de encobrir abusos sexuais de menores e poderia ser condenado a dois anos de prisão.
Segundo informações da agência Associated Press, o juiz Robert Stone apresentou o veredicto no último dia 22 de maio, no Newcastle Local Court, ao norte de Sydney.
O Arcebispo australiano, de 67 anos, foi acusado de encobrir os abusos sexuais cometidos pelo sacerdote James Patrick Fletcher, na década de 1970.
Fletcher foi considerado culpado de 9 casos de abuso sexual de menores em 2004 e morreu na prisão em 2006.
Uma vítima de Fletcher, que naquela época tinha 15 anos, disse que denunciou o caso ao atual Arcebispo de Adelaide. O Prelado argumentou que não recorda esta conversa.
Em um comunicado divulgado no site da Arquidiocese de Adelaide, Dom Wilson assinalou: “Estou profundamente decepcionado com a decisão publicada hoje. Agora, terei que considerar as razões e consultar os meus advogados para determinar os próximos passos”.
“Não pretendo fazer nenhum comentário adicional nesta etapa”, disse Dom Wilson, que está em uma fase inicial da doença de Alzheimer.
A Conferência dos Bispos Católicos Australianos recordou em um comunicado em 22 de maio que Dom Wilson “disse que é inocente durante este longo processo judicial. Ainda não está claro se apelará do veredicto”.
Os bispos australianos assinalaram que “a Igreja Católica, como outras instituições, aprendeu muito sobre a tragédia do abuso sexual infantil e organizou programas, políticas e procedimentos mais fortes a fim de proteger as crianças e os adultos vulneráveis”.
“A segurança das crianças e dos adultos vulneráveis ​​é algo muito importante para a Igreja e os seus ministérios”, asseguraram.
Confira também:
ACI Digital@acidigital

Nenhum comentário:

Chegada do Papa Francisco a Cracóvia para a JMJ

PREVISÃO DE TEMPO